Archive for the 'Na mesa' Category

06
set
12

Tenha Sempre uma Glicose em Casa

Anúncios
21
fev
12

vontade de

29
nov
11

“A cebola tem de estar finamente picada. Sugiro-lhes colocar um pequeno pedaço de cebola na moleira, com a finalidade de evitar o desagradável lacrimejar que se produz quando alguém a está cortando. O ruim de chorar quando a gente pica cebola não é o simples fato de chorar, mas sim o de que às vezes se começa, como se diz, a gente se pica, e não pode mais parar. Não sei isso já lhes aconteceu, mas a mim, para falar a verdade, sim. Uma infinidade de vezes […]” (ESqUIvEl, 1993, p. 3)

Assim começa o romance Como água para chocolate, de Laura Esquivel, que tem como subtítulo “Romance em fascículos mensais com receitas, amores e remédios caseiros.”

26
set
11

Julice Boulangère

Divulgação

É o comer que faz a fome.
Eça de Queiroz
Encontro para comer com estilo. Trilha sonora francesa, decoração romântica e cardápio atraente. Tudo isso num cantinho da Vila Madalena. Para ir com amigos e adoçar os inimigos.

Julice Boulangère
Rua Deputado Lacerda Franco, 356 – São Paulo
Tel. (11) 3097-9144

27
jun
11

Pastel de angu

As receitas variam sutilmente entre um estabelecimento e outro: em uns, o tempero da carne leva cebolinha; no outro, a massa é um pouco mais grossa; num terceiro, há toques de pimenta.

O pastel feito com fubá (ao invés de farinha de trigo) é uma herança dos tempos dos escravos. O fubá usado na receita costuma ser de moinho d´água uma vez que a moagem industrial queima os grânulos do milho devido ao atrito e não alcança a ideal consistência. O fubá de moinho d’água, devido ao lento processo de moagem, consegue uma melhor liga ao modelar a massa. Todo pastel deve ser aberto na mão, pois o uso de rolo deixa a massa compactada. Abrir os pastéis exige eficiência, experiência e tato, uma vez que deve ser aberto com a massa ainda quente. Somente assim consegue-se modelar o angu em formato de pastel.

fonte: BRASIL SABOR

08
maio
11

Pecadinho

08
jan
11

uma casa portuguesa


Uma casa portuguesa – Amalia Rodrigues

#Sábado numa Casa Portuguesa. Na entrada, o tradicional bolinho de bacalhau. Em seguida, vinho da casa e o bacalhau com batata e brocolis, que serve até duas pessoas. Para sobremesa, uma variedade de doces portugueses. Encerramos a refeição com Santa Clara, pastel de Belém.




novembro 2017
S T Q Q S S D
« out    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Beats

  • 138,558 hits

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 12 outros seguidores