24
ago
11

Trilhas Sonoras de Amor Perdidas


Quatro de minutos de abertura, a peça dedica, sem interrupção e sem qualquer outro elemento que disperse a atenção do público, à música “Rag and Bone” de The White Stripes.

O cenário de “Trilhas Sonoras de Amor Perdidas” é tomado por vinis (“Screamadelica”, “Bringing It All Back Home”, “Automatic”, “Southpaw Grammar”, “MTV Unplugged in New York”, “Chelsea Girl” e muitos outros) e caixas de som.

Ambientada nos anos 80 e 90, a peça recria o contexto cultural daqueles anos em que o protagonista conheceu, se relacionou e casou com Soninho – um casamento feito de afetos e afinidades musicais, registradas e listadas em incontáveis mixtapes (de coletâneas para escovar os dentes a seleções para o rala-e-rola) e que terminou estúpida e abruptamente por uma embolia pulmonar. Desde a primeira cena, em que o personagem abre uma caixa com as antigas fitas cassete, o texto conjuga nostalgia, luto e reparação. O conjunto de referências sonoras define as relações de identidade deste universo e o roteiro se vale das passagens musicais para contar essa história. O repertório cultural do personagem se confunde entre as lembranças da finada Soninho: a morte da esposa marca também a mudança do cenário musical.

Abaixo parte da playlist da peça:

Shakin’All Over, com Vince Taylor
I Get Ideas, com Tony Martin
You Made Me Love, com Screamin Jay Hawkins
First Cut is the Deepest, com P.P. Arnold
A Long Time, A Long Way to Go, com Tood Rundgren
You’re Gonna Miss Me, com Roky Erickson
She’s Fallen Love With the Monster Man, com Screaming Lord Sutch & The Savage
I’m Not In Love, com Fun Lovin Criminals
I Am the Cosmos, com Chris Bell
Give Him a Great Big Kiss, com The Shangri-las
Thirteen, com Big Star
Children of Revolution, com T.Rex
Astral Plane, com Jonathan Richman

 

Essa peça possui   trilha sonora de várias histórias de amor (que por vezes podia ser minha ou sua). De “Don’t Get Me Wrong” a “Heart Shaped Box”. De “Sadly Beautiful” a “Just Like Heaven”. De “Beast of Burden” a “So Real”. De “Midnight Train to Georgia” a “Ladies and Gentleman, We’re Floating in Space” e “Soul on Fire”.


0 Responses to “Trilhas Sonoras de Amor Perdidas”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




agosto 2011
S T Q Q S S D
« jul   set »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Beats

  • 136,632 hits

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 12 outros seguidores


%d blogueiros gostam disto: