28
dez
10

Macunaíma

Para ser liberto pela filha mais nova de Ceiuci, Macunaíma teve de “acertar” pelo menos uma das charadas que a jovem lhe fizera:
— Vou dizer três adivinhas, si você descobre, te deixo fugir. O que é o que é: é comprido roliço e perfurado, entra duro e sai
mole, satisfaz o gosto da gente e não é palavra indecente?
— Ah! Isso é indecência sim!
— Bobo! É macarrão!
— Ahn… é mesmo!… Engraçado, não?
— Agora o que é o que é: Qual o nome do lugar onde as mulheres têm cabelo mais crespinho?
— Oh, que bom! Isso eu sei! É aí!
— Cachorro! É na África, sabe!
— Me mostra, por favor!
— Agora é a última vez. Diga o que que é:
Mano, vamos fazer
Aquilo que Deus consente:
Ajuntar pêlo com pêlo
Deixar o pelado dentro.
E Macunaíma:
— Ara! Também isso quem não sabe! Mas cá pra nós que ninguém nos ouça, você é bem senvergonha, dona!
— Descobriu. Não é dormir ajuntando os pêlos das pestanas e deixando o olho pelado dentro que você está imaginando? Pois
si você não acertasse pelo menos uma das adivinhas te entregava pra gulosa de minha mãe. Agora fuja sem escarcéu, serei expulsa, voarei pro céu.

 

#Rapsódia de Mário de Andrade.


0 Responses to “Macunaíma”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


dezembro 2010
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Beats

  • 136,632 hits

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 12 outros seguidores


%d blogueiros gostam disto: